Quarta, 25 de Maio de 2022 01:51
062 4000-2115
Cidades INFRAESTRUTURA

Moradores do Jardim das Acácias sofrem com buracos e lama

Há ruas que, desde as chuvas mais intensas de janeiro, estão intransitáveis

20/01/2022 09h00
Por: Marcela Guimarães
Moradores do Jardim das Acácias sofrem com buracos e lama

Se antes das fortes chuvas de janeiro a situação estava difícil. Agora, piorou. Buracos deixaram as ruas intransitáveis. É o que contam moradores do bairro Jardim das Acácias, que preferem não se identificar. Eles relatam que mesmo com a diminuição das chuvas, entulhos foram jogados em buracos que se formaram, como é o caso da Rua Paulo Saad (na foto), com a Avenida Cora Coralina.

 

Na  Rua 3, na altura de quando se sobe a Rua Cora Coralina formou-se uma cratera. “Foi feito um reparo pelos próprios moradores. Mas, por exemplo, na porta da minha casa se formou um verdadeiro lamaçal”, conta um dos moradores que preferiu não se identificar.

 

Outra pessoa que reside no Jardim das Acácias relatou que os moradores se reuniram para cobrar do vereador Zilwimar Maria Dantas (PP), conhecido como Tizil, alguma providência, já que ele também seria deste bairro. Mesmo não sendo de sua competência direta o cuidado com ruas, ele prontamente respondeu à reportagem da Ummix Cidade de Goiás. 

 

Ele conta que esteve na Rua 3 acompanhado de uma moradora para verificar o problema. Disse também que procurou o secretário Municipal de Obras, Lúcio Flávio, e expôs a situação. “Ele prontamente se dispôs a dar uma solução, assim que possível. 

Como as chuvas nos últimos dias foram bem intensas, ocasionou muitos estragos principalmente na zona rural. Muitas pessoas estão "ilhadas", estradas cortadas . Foram montadas equipes para esse primeiro momento”, explica Tizil. 

 

Segundo os moradores, ainda nada foi feito no Jardim das Acácias após as chuvas. A responsabilidade é de fato da Prefeitura de Goiás, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços. Por isso, a Ummix tentou, mais uma vez, contato com o secretário da pasta para ver alguma previsão aos moradores. Porém, até o fechamento desta matéria, mais uma vez ele não atendeu às ligações, nem respondeu ao e-mail ou mensagens até o fechamento desta reportagem.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.