Segunda, 27 de Junho de 2022 08:33
062 4000-2115
Cidades IMPRUDÊNCIA

Motorista embriagado provoca acidente na Federal

Na noite sábado (21), quando Raquel Rodrigues, que está grávida de 8 meses, voltava com marido de uma pizzaria, seu veículo foi atingido pelo carro

24/05/2022 11h11
Por: Rariana Pinheiro
Motorista embriagado provoca acidente na Federal

A imprudência no trânsito por pouco não ocasionou uma tragédia na noite deste sábado (21). Por volta das 23h, quando a atendente de farmácia Raquel Rodrigues, que está grávida de 8 meses, voltava com marido de uma pizzaria, o veículo no qual estavam foi atingido por outro carro, na Avenida Dário de Paiva Sampaio, conhecida como Federal. 

 

De acordo com Raquel, a Polícia Militar chegou ao local e foi constatado, através do exame do bafômetro, que o motorista que provocou o acidente havia consumido grande quantidade de bebida alcoólica.

 

Os passageiros não sofreram nenhum tipo de ferimento. Porém,  a atendente conta que a batida fez estragos no eixo do seu veículo e precisaram solicitar um guincho para retirá-lo do local. 

 

“O choque foi forte, se tivesse atingido uma moto ou um pedestre, poderia ter sido muito pior. As pessoas devem se conscientizar de que dirigir é lidar também com a vida de outras pessoas”, argumenta. 

 

Ainda segundo informações de Raquel, o motorista foi preso em flagrante. A reportagem entrou em contato com a Polícia Militar que atendeu à ocorrência, para informações sobre o caso, no entanto, não obteve retorno. 



Veja quais os procedimentos adotados na fiscalização de alcoolemia:

 

Se o motorista se recusa a fazer o teste do bafômetro, há duas possibilidades: 

Se não houver sinais de embriaguez, a previsão de multa é de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por 1 ano. O veículo é retido até apresentação de condutor habilitado.

 

Se houver sinais de embriaguez, a previsão de multa é de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por 1 ano. Além disso, o motorista é conduzido preso pelo crime previsto no art. 306 do CTB. O veículo é retido até apresentação de condutor habilitado.

 

Se motorista faz o teste do bafômetro há Três possibilidades:

 

Se o resultado for até 0,04 mg de álcool por litro de ar, aplica-se o erro metrológico e o resultado é zero, ou seja, o motorista pode dirigir e não é autuado.

 

Se o resultado for de 0,05 a 0,33 mg de álcool por litro de ar, a previsão de multa é de R$ 2.934,70, além da suspensão do direito de dirigir por um ano. O veículo é retido até apresentação de condutor habilitado.

 

Se o resultado for maior que 0,33 mg de álcool por litro de ar, a previsão de multa é de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por um ano. Além disso, o motorista é conduzido preso pelo crime previsto no art. 306 do CTB. O veículo é retido até apresentação de condutor habilitado.

 

 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.