Quarta, 25 de Maio de 2022 00:43
062 4000-2115
Polícia POLÊMICA

Circula suposta carta de acusado pelo ato que pediu por perdão a torturadores

Leia o texto supostamente assinado por Danilo Bezerra, acusado de incitar o crime e tortura no dia 1º de maio

21/05/2021 18h20 Atualizada há 1 ano
Por: A Redação
Foto: Bruno Azevedo / Reprodução - Facebook Yuri Baiocchi
Foto: Bruno Azevedo / Reprodução - Facebook Yuri Baiocchi

 

“Explicação da cena Deus perdoe os torturadores” é o título da carta supostamente assinada por Danilo Bezerra que circula nas redes sociais, em especial no WhatsApp. O texto tem um tom de pedido de desculpas pelo ato realizado no dia 1º de maio na Cidade de Goiás.

Danilo Bezerra foi identificado pela Polícia Civil como uma das pessoas que vestia o traje em alusão ao grupo racista e de supremacia branca Ku Klux Klan, com um cartaz pedindo perdão aos torturadores em frente à Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos.

O estudante do curso de Cinema do IFG/Cidade de Goiás não compareceu à Polícia para prestar depoimento. Ele foi autuado pela prática de apologia a ato criminoso e por prática e incitação ao crime de racismo. Até o fechamento desta matéria, a reportagem não conseguiu contato com o estudante.

Na carta, é alegado que o ato foi uma performance artística e irônica. Veja na íntegra o texto que circula nas redes sociais com a suposta assinatura de Danilo Bezerra.

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.