Quarta, 25 de Maio de 2022 01:07
062 4000-2115
Brasil MANIFESTAÇÃO

Dia 03 acontecerá outro ato contra Bolsonaro na Cidade de Goiás

Na Cidade de Goiás diversas entidades organizam uma carreata com concentração na Praça do Chafariz

02/07/2021 21h00
Por: Rosângela Aguiar
Foto último ato na Cidade de Goiás. Crédito: Denise Gonçaves
Foto último ato na Cidade de Goiás. Crédito: Denise Gonçaves

 

Mesmo com o avanço da vacinação contra a Covid-19 em vários municípios, como a Cidade de Goiás, que a partir de segunda-feira, dia 5, começa a imunizar pessoas acima de 49 anos, diversas entidades como Fórum Sindical, Sintego e outros sindicatos e organizações, vão realizar amanhã, dia 3 de julho, mais um ato contra o Governo Federal. Na Cidade de Goiás será uma carreata com concentração marcada para às 9h30 na Praça do Chafariz.

 

“Nosso objetivo é chamar a atenção para a necessidade de vacina para todos e não para alguns grupos. Muitas mortes poderiam ser evitadas se a vacinação tivesse começado antes”, diz Luiz Cintra, presidente do Sintego, regional Cidade de Goiás. No município 54 vidas foram perdidas para a pandemia.

 

Entre as reivindicações dos manifestantes estão “comida no prato, vacina no braço e educação para todos”. O movimento também pede o impeachment do presidente Jair Bolsonaro que adiou por muito tempo a compra dos imunizantes e levou mais de 520 mil brasileiros à morte pela pandemia. “Mortes que poderiam ser evitadas”, argumenta Luiza Cintra.

 

Os atos estão confirmados em mais de 180 cidades no Brasil e no exterior. A expectativa dos organizadores é reunir milhares de pessoas exigindo o impeachment do presidente Jair Bolsonaro. Esta é a terceira onda de manifestações pelo ‘Fora, Bolsonaro’. A exemplo do que foram os protestos de 29 de maio e 19 de junho, milhares de pessoas devem ir para as ruas exigir o impeachment do presidente Jair Bolsonaro (ex-PSL).

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.