Domingo, 23 de Janeiro de 2022 22:07
4000-2115
Cidades ALERTA

“A Cidade de Goiás está parecendo uma fazenda”, afirma moradora ao reclamar de animais nas ruas

Multa para quem deixa animais na rua é de R$ 360,00 mais R$ 100,00 por dia

14/09/2021 20h00 Atualizada há 4 meses
Por: Marcela Guimarães
“A Cidade de Goiás está parecendo uma fazenda”, afirma moradora ao reclamar de animais nas ruas

 

Quadrúpedes passeando pelas ruas continua sendo cena cotidiana na Cidade de Goiás. É o que relataram moradoras dos setores Rio Vermelho e Aeroporto para a reportagem da Ummix. Carlúcia Inácio Ribeiro mora no Setor Rio Vermelho e trabalha à noite e diz que sempre se depara com vacas e cavalos perambulando. Ela disse que o maior foco é na Avenida dos Bosques, saindo da Rua Padre Felipe. “É aquela vacaiada, parece que abriu a porta do curral”, afirma. 

 

Carlúcia disse ainda que já tentou diversas vezes ligar para a fiscalização, mas diante da demora no atendimento ao telefone acabou desistindo e procurando à Ummix. Ela relata dificuldades para dormir, já que com os animais nas ruas, os cachorros acabam latindo e gerando insônia. Além disso tudo, ressalta outro ponto importante. “Ficamos até com vergonha quando vem alguém de fora se hospedar aqui, porque Goiás está parecendo uma fazenda com tantas vacas e cavalos nas ruas”, afirmou ela ao ressaltar também o perigo de acidentes. 

 

No Setor Aeroporto, a situação também está complicada. Segundo a moradora Meire Garcia Ferreira é constante a presença de equinos na praça do bairro. “Quando voltei da padaria de manhã, tinham esses dois animais da foto. Vi que não tinha ninguém com eles e passando ao lado, motos e pessoas. É perigoso tanto para eles quanto para os seres humanos”, ressalta.

 

Está em vigor multa para quem deixa animais de grande porte soltos na rua. O valor é R$ 360,00 por quadrúpede mais R$ 100,00 por dia, para custear as despesas diárias de cada animal. Segundo o secretário municipal de Meio Ambiente, Lucas Clementino, a medida está sendo eficiente. "Tivemos um grande êxito na conscientização dos proprietários. Por isso, não tivemos muitas apreensões. Se houveram falhas, nossa fiscalização tem várias outras demandas de fiscalização no nosso extenso município em defesa do meio ambiente em diligências de relevante gravidade", afirma. 

 

Atualmente está apreendido um cavalo em um local seguro, com pastagem para trato e água em abundância. Para denunciar à Semma a situação, a orientação é entrar em contato pelo Whatsapp da Prefeitura  (3371-7726) ou no telefone fixo 33717726, ramal 5. “Mandar reclamação só para a rádio não adianta. Tem que denunciar no Whatsapp de denúncias”, afirma o secretário. 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.